iMais

Alimentação pode ajudar a aliviar sintomas da TPM

Soja e vegetais ricos em antioxidantes são opções indicadas para serem consumidas neste período complicado para muitas mulheres

A tensão pré-menstrual, conhecida como TPM, é um conjunto de sensações que ocorre cerca de 10 dias antes do início do ciclo menstrual. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a tensão atinge mais de 70% das mulheres brasileiras.

A TPM pode ser dividida em quatro tipos e suas causas podem variar desde ansiedade e irritabilidade, até choro, depressão, insônia e confusão mental. As mulheres podem, inclusive, apresentar mais de um tipo em um mesmo ciclo.

“A TPM em si tem uma gama de sintomas, que podem variar entre psíquicos, comportamentais e também físicos. Entre os tratamentos podemos dividir em duas partes: não farmacológica, mudando o estilo de vida da paciente, principalmente em hábitos alimentares, aumento de atividade física e diminuição do stress diário; e a farmacológica, em que, geralmente, é usada a pílula anticoncepcional”, explica o médico Soares Junior.

Para aliviar os sintomas, alguns grupos de alimentos, como soja e vegetais, ricos em antioxidantes, como brócolis, couve-flor, couve e repolho são opções indicadas para serem consumidas neste período. Alimentos ricos em ômega 3, encontrado em peixes como salmão, truta, sardinha, atum e cavalinha, também ajudam a aliviar a tensão por conta de seu efeito anti-inflamatório.

“Por ajudar a modular os níveis de estrogênio, um hormônio feminino, os alimentos ricos em fibra, como nozes, frutas e cereais integrais também auxiliam a minimizar os sintomas da TPM. Alimentos ricos em triptofano, como feijão, carnes, peixes, ovos e ervilha, por exemplo, aumentam a serotonina, substância responsável pela sensação de bem-estar”, diz a nutricionista Lara Natacci.

Além dessas orientações, algumas mudanças de hábitos, como a diminuição do consumo de açúcares e a diminuição no consumo de bebidas alcoólicas também ajudam no controle porque evitam desequilíbrios na flora intestinal, normalizam a função enzimática e ainda modulam o estrogênio circulante.

“O consumo de leite e derivados e de vegetais de folhas verde-escuras é indicado, principalmente, para as mulheres que sofrem com cólicas menstruais e com retenção líquida. Isso porque o cálcio diminui a contração muscular, as dores nas costas e até o nervosismo”, afirma Lara.

O Portal iMais seleciona e publica as melhores informações diariamente buscando notícias que valorizam o estilo de cada leitor. Para enviar sua sugestão de conteúdo utilize o e-mail: conteudo@imais.online.