iMais

Dia de Mobilização para vacinação contra a gripe acontece sábado (4)

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Saúde fará no sábado (4) das 8h às 17h o Dia de Mobilização para vacinação contra a gripe. Diversas Unidades de Saúde e outros pontos da cidade farão atendimento da população que faz parte dos grupos prioritários para receber a dose da imunização. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no dia 10 de abril e tem previsão para ser encerrada no dia 31 de maio. A vacina é destinada para gestantes; mulheres com 40 dias de pós-parto; crianças de 6 meses a menores de seis anos de idade; trabalhadores de saúde; idosos com mais de 60 anos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação. O Departamento de Vigilância em Saúde revela que em Indaiatuba cerca de 43 mil pessoas dos grupos prioritários, fora as comorbidades devem ser vacinadas contra a gripe. Até o momento foram aplicadas cerca de 13 mil doses.

Para ser vacinado é preciso levar a carteirinha de vacinação (se tiver); documento pessoal com foto e identificação que faz parte de algum desses grupos prioritários, como: carta médica, holerite ou identificação profissional.

As Unidades de Saúde que estarão abertas no sábado das 8h às 19h são: Hospital Dia, PSF Parque Indaiá; UBS IV Morada do Sol; UBS Jd. Oliveira Camargo; UBS V Itaici; UBS VII; PSF Jardim Oliveira Camargo; UBS X Califórnia; UBS XI João Pioli e UBS Campo Bonito; PSF Parque Corolla; UBS Camargo Andrade. Os PSFs do Jardim Brasil e Aldrovandi abrirão das 8h às 13h e a UBS do Jardim do Sol não abrirá. Outros pontos de vacinação, são: Supermercado Pague Menos; Supermercado Sumerbol, loja três; na Praça Dom Pedro II; no Cato Supermercado na avenida Kennedy e da Cecap também das 8h às 17h.

Durante todo dia, os mascotes ‘Super SUS’ e o ‘Zé Gotinha’ percorrerão os pontos de vacinação para divulgação da campanha. Esse ano as crianças vacinadas receberão uma figurinha para colar na pele na intenção de aproximar o ato da vacinação com o mundo infantil. As unidades de saúde também serão enfeitadas com balões coloridos e os funcionários estarão uniformizados com a camiseta da campanha.

A secretária de Saúde de Indaiatuba, Graziela Garcia, ressalta a importância da participação. “Esse dia é programado para alcançar o máximo das pessoas possível que fazem parte dos grupos prioritários para esta vacinação, por isso se você faz parte de algum desses grupos, reserve essa data para ser imunizado contra a gripe, pois em todas as regiões da cidade terão pontos para vacinar durante todo horário comercial”, ressalta Graziela.

SINTOMAS E PREVENÇÃO

Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem: evitar sair de casa durante o período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas); restringir ambiente de trabalho para evitar disseminação; evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados; e adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Para prevenir a doença, o Ministério da Saúde recomenda à população medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus. Também não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. É importante alertar para sinais e sintomas de gravidade para a busca imediata de avaliação em uma unidade de saúde.

CEPAS DA VACINA CONTRA A INFLUENZA

Em relação ao ano passado (2018), houve alteração de duas cepas (cepas A/Switzerland/8060/2017 (H3N2) e B/Colorado/06/2017 (linhagem B/Victoria/2/87) na vacina influenza. Portanto, em função desta mudança na composição da vacina, é imprescindível receber a vacina em 2019, com as cepas preconizadas pela OMS para o Hemisfério Sul. O Ministério da Saúde não indica a utilização da vacina contra influenza com cepas 2018 pois não tem a mesma composição da vacina de 2019, o que faz com que não seja eficaz para proteçã

O Portal iMais seleciona e publica as melhores informações diariamente buscando notícias que valorizam o estilo de cada leitor. Para enviar sua sugestão de conteúdo utilize o e-mail: conteudo@imais.online.