Tarifa de ônibus tem primeiro reajuste depois de ficar três anos congelada

Percentual concedido ficou abaixo da média inflacionária do período

O preço da passagem de ônibus em Indaiatuba será corrigido pela primeira vez desde 2015, quando estão em vigor os atuais R$ 3,50. O percentual aplicado será de 17,14% abaixo da média inflacionária do período, que fechou em 25,86%. Com isso, a nova tarifa para o usuário, que entra em vigor à zero hora do dia 10 de fevereiro, será de R$ 4,10. A informação foi passada durante entrevista coletiva, na manhã de quarta-feira (23)

Atualmente o sistema de transporte coletivo atente em média 717.354 passageiros por mês, sendo 477.142 pagantes e 209.192 gratuitos. A estimativa é de que 6,45% da população é usuária do sistema. O prefeito Nilson Gaspar (MDB) comentou que o serviço foi avaliado como o melhor da RMC (Região Metropolitana de Campinas), em pesquisa recente e que o desafio é manter e melhorar sempre o atendimento.

“Lembro que quando assumimos a Prefeitura, esse era um serviço mal avaliado, com uma frota sucateada e o meu compromisso foi torná-lo de excelência. Hoje cem por cento dos ônibus possuem ar-condicionado, wi-fi, acessibilidade, entre tantas outras comodidades. O custo para manter o sistema também sofreu reajustes e a passagem permaneceu a mesma nos últimos três anos. Infelizmente agora precisamos reajustar e decidimos autorizar menos que abaixo da média inflacionária do período para onerar o mínimo possível o usuário. Não tem milagre, com a tarifa atual a conta não fecha e não é possível manter a atual qualidade”, comentou.

 

Crédito: Arquivo- Giuliano Miranda RIC/PMI

Veja também