Reiniciadas as obras de duplicação da rodovia SP-079 em Sorocaba

Foto: Alexandre Carvalho/A2img

Serviços foram retomados pelo DER, com aporte de R$ 14,5 milhões de um pacote de mais de R$ 360 milhões em investimentos rodoviários

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgão vinculado á Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, vai investir R$ 14,5 milhão para a conclusão dos serviços de duplicação da Rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo (SP-079).

A verba faz parte do pacote de R$ 361,7 milhões em investimentos rodoviários anunciados pelo governador Geraldo Alckmin em junho de 2017. O anúncio da retomada das obras foi feito por Alckmin, nesta quinta-feira (28), em Sorocaba.

“Iniciamos hoje uma obra que durará 180 dias, que é a conclusão definitiva da SP-079. Ela está 96% pronta e será concluída com viaduto, três passarelas, dois dispositivos e dois quilômetros de duplicação, além de recapeamento e sinalização. A entrega beneficiará muito as cidades de Sorocaba e Itu. Também destaco os investimentos em logística e transportes na região.”

As obras incluem dois trechos: do Km 50,5 ao Km 52,9 e do Km 66,2 ao Km 66,6. O trecho total duplicado terá 23,12 quilômetros, incluindo o que já está concluído, entre o Km 47,58 e o Km 70,7, no municípios de Itu e Sorocaba.

O viaduto que será construído está localizado no Km 55,7 e as duas rotatórias, no Km 64,6 e no Km 69,7. Também estão previstas a conclusão de baias para ônibus em trechos de perímetro urbano e três passarelas para pedestres, no Km 49, Km 61,7 e Km 66,2.

As obras, segundo estimativa do DER, devem estar concluídas em seis meses e vão gerar 123 novos postos de trabalho – 31 diretos e 93 indiretos.

Além de contribuir para melhorar as condições de segurança e conforto na rodovia, a conclusão dos serviços também vai beneficiar o turismo, com o melhor acesso aos pontos turísticos da região de Itu, dos estudantes às escolas de Sorocaba e da população aos hospitais regionais.

A duplicação da SP-079 foi interrompida em março de 2015 por conta de processos de desapropriação que tramitavam em âmbito judicial e que foram decididos no segundo semestre de 2017. A interrupção dos trabalhos ocorreu após a execução de 96% dos serviços no lote 1 e 98% no lote 2.

0 Comments

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register